XIII – A Grande Prostituta

prostituta

XIII – A GRANDE PROSTITUTA

Babilônia é a grande prostituta, igreja infiel, a mãe das meretrizes, filhas que seguem as mesmas práticas, doutrinas e tradições, bebem do mesmo vinho, o sangue dos santos, perseguidos e mortos por este poder religioso, e ainda embriagam os que habitam na terra, que estão sob o seu domínio, de forma que não podem discernir a verdade do erro, enganando a muitos […] Em algum momento virá à lucidez, e estes a odiarão, e se voltarão contra ela, pois, perceberão que foram ludibriados, e pelejarão contra ela, mas, poderá ser tarde, porque a porta da graça estará fechada: “Sai dela, povo meu, para que não sejais participantes dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas” Ai, ai dela!

ORAÇÃO DE ENTREGA 
Meu Senhor,  sabes que eu sempre te amei,  ([ou] ainda que tarde, eu te amei), que eu não amei as coisas deste mundo mais do que eu amei a tua Palavra, ([ou] não me arrebataste, mas feriste-me com a Tua Palavra e agora esparge em mim o teu perfume),  me perdoe! Eu sei que os prazeres deste mundo me seduziram, mas hoje eu sei que eu sou mais do que um corpo, e foi o Senhor quem me criou, eu sou teu (tua). Eu tentei andar de forma correta, me desviando do mal, sendo uma pessoa do bem, me inspirando em pessoas boas, quando eu estava enganado, na verdade eu deveria ter me espelhado em Jesus, procurei ser uma pessoa justa, mas, aconteceu do pecado  ser mais forte do que eu, porque eu não O conhecia verdadeiramente. Eu sinto muito medo, neste momento de tribulação, me ajuda nesta hora tão difícil. A minha alma te pertence como nunca pertenceu a nem um outro, por isso eu clamo pela tua misericórdia infinita. “__Onde é que Tu habitas, meu Papai? Eu quero morar contigo na tua casa, me leva”. Não resta mais dúvida, eu me entrego! 

Jesus prediz: “Pedro, tu me amas?

 – Sim, Senhor, por ti darei a minha vida.

Respondeu-lhe, Jesus: Tu darás a tua vida por mim, Pedro? Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo enquanto não me tiveres negado três vezes. João 13:37,38

Música: O Lamento de Israel

Marli Savelli

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s